Sejam bem-vindos ao KatherineLangford.com.br, a sua primeira fonte de informações brasileira sobre a atriz Katherine Langford, Fique a vontade para desfrutar de todo o conteúdo postado aqui, siga também o KLBR nas redes sociais e fique ainda mais informado. Agradecemos a visita e esperamos que volte sempre! Este é apenas um site feito de fãs para fãs, sem fins lucrativos.


Fonte: Digital Spy

Katherine Langford não estava disponível para filmar a série final de ’13 Reasons Why’ – o que provavelmente é uma surpresa para quem assistiu os episódios.

A personagem dela, Hannah Baker, faz uma aparição final no último episódio de ’13 Reasons Why’ em uma das visões do Clay Jenson (Dylan Minnette), andando em direção a ele no ginásio após a colação.

No entanto, esta cena foi alcançada através de alguns truques visuais, conforme evidenciado pelo fato da Hannah utilizar a mesma roupa utilizada no Baile no episódio cinco da série.

Katherine recentemente disse ao Digital Spy e a outras mídias que ela simplesmente estava muito ocupada com a nova série da Netflix dela, ‘Cursed’, para voltar para uma nova cena de ’13 Reasons Why’

“Eu acho que eu ainda estava filmando ‘Cursed’, então eu não pude voltar e filmar nada,” ela relembrou. “É engraçado porque eu ainda não terminei de ver a terceira e a quarta temporada – mas eu estou assistindo a terceira temporada e depois vou assistir a quarta, agora que o capítulo está finalizado.”

“Eu estou muito orgulhosa de todo mundo do elenco e nós ainda somos muito próximos. De várias formas, eu já sabia o que acontecia e eu simplesmente estou tão orgulhosa deles. Finalizar este capítulo foi uma parte tão especial instilada na vida de todos nós.”

Já que Katherine não filmou exatamente nada novo para o fim de ’13 Reasons Why’, ela estava sequer ciente de que os produtores usariam uma filmagem dela?

“Sim, eu sabia. Eu sabia sim. Sim,” ela nos confirmou.



Fonte: The Guardian

A Netflix removeu uma cena controversa de suicídio do drama adolescente, ’13 Reasons Why’, mais de dois anos após sua estreia.

Em um depoimento, o serviço de transmissão disse que a sequência de três minutos da primeira temporada da série, que mostra a protagonista tirando a própria vida, foi reeditada devido a aconselhamentos de peritos médicos.

“Nós ouvimos de muitos jovens que ’13 Reasons Why’ os encorajou a iniciar discussões sobre assuntos difíceis como depressão e suicídio e a procurar ajuda – geralmente pela primeira vez,” disse a Netflix.

“Enquanto nós nos preparávamos para lançar a terceira temporada no fim deste verão, nós fomos cientificados acerca do debate que gira em torno da série. Então, após conselhos de peritos médicos, incluindo Dr. Christine Moutier, médica-chefe da ‘American Foundation for Suicide Preservation’, nós decidimos, juntamente com o criador Brian Yorkey, e os produtores, editar a cena em que Hannah tira sua própria vida.”

Adaptada do romance jovem adulto de mesmo nome, ’13 Reasons Why’ gira em torno do suicídio da estudante do ensino médio Hannah Baker e o efeito que sua morte causa em seus colegas de classe.

A cena reeditada, que anteriormente retratava o suicídio de Hannah com detalhes gráficos, atualmente corta diretamente de uma cena de sua personagem olhando para si mesma no espelho para seus pais reagindo à sua morte.

Em uma declaração, os sanitaristas parabenizaram a decisão da Netflix em remover a cena e disse que a caridade tem trabalhado com a plataforma para promover aconselhamento em como retratar o suicídio de forma segura.

“Enquanto demonstrar tópicos difíceis em dramas podem ajudar a conscientização e encorajar as pessoas à procurarem ajuda, é importante que seja feito de uma forma responsável, devido aos riscos evidenciados ao abordar este assunto na mídia,” Lorna Fraser, do serviço de aconselhamento de mídia da caridade, disse. “Diretores de programas devem sempre procurar aconselhamento de especialistas em como retratar o suicídio, para se certificar de que o risco aos espectadores vulneráveis sejam minimizados.” 

A Netflix foi criticada por grupos de saúde mental pela natureza “sensacionalista” da cena desde o lançamento da série em abril de 2017, com um porta-voz da ‘Royal College of Psychiatrists’ dizendo que as abordagens dramáticas do suicídio “colocam jovens desnecessariamente em uma posição vulnerável de risco de comportamento de repetição.”

Uma matéria lançada no início deste ano pelo ‘Journal of the American Academy of Child and Adolescent Psychiatry’, por outro lado, divulgou que o suicídio entre os adolescentes cresceu 28.9% no mês seguinte ao lançamento da primeira temporada. Apesar de a matéria não ter citado causa direta entre a cena e o aumento, seu coautor disse à imprensa para ser “construtivo e consciente” acerca da influência sobre pessoas vulneráveis.

No meio das controvérsias, a Netflix acrescentou avisos para os espectadores sobre os conteúdos gráficos, bem como criou um site que oferece apoio para às pessoa que se sentirem afetadas pela série.

A decisão de reeditar a cena ofensiva segue a remoção de uma cena em seu drama distópico. Bird Box, que trazia filmagens de um acidente na vida real.

Apesar da controvérsia em volta de ’13 Reasons Why’, o drama se tornou popular dentre os espectadores da Netflix, os quais tiveram seis milhões de espectadores assistindo o primeiro episódio da segunda temporada após três dias de seu lançamento, de acordo com a estimativa independente feita por Nelsen. Uma terceira temporada será lançada ainda este ano.



Fonte: Bonobos

“Honestamente,” Tommy Dorfman diz, tirando um momento para traçar mentalmente o curso de seu trabalho como ator, “minha carreira foi moldada por mulheres incríveis.”

Ele começou a listá-las: Katherine Langford, Selena Gomez, Alisha Boe e Kate Walsh de ’13 Reasons Why’; as criadoras de ‘Orange Is The New Black’, Jenji Kohan e Jamie Denbro; Danya Tamor, que está dirigindo a peça ‘Daddy’, que Tommy participa; Gina Rodriguez e as produtoras e diretoras de qualquer de seus projetos. O empresário dele é uma mulher, ele ressalta, bem como uma de seus agentes, “Elas tendem a ser as pessoas em quem eu mais confio, eu me sinto mais seguro com elas, mais apoiado.”



A aguarda premiação do canal E! Entertainment, People’s Choice Awards, está prevista para acontecer, este ano, no dia 11 de novembro, em Los Angeles, CA. Os nomes dos indicados saiu nesta última quarta-feira, dia 05, e Katherine, juntamente com o filme ‘Com Amor, Simon’ e a série ’13 Reasons Why’, concorrem à cinco categorias. Confira a seguir:

Astro de Série de Drama de 2018

  • Katherine Langford – 13 Reasons Why
  • Andrew Lincoln – The Walking Dead
  • Ellen Pompeo – Grey’s Anatomy
  • Jason Bateman – Ozark
  • Kerry Washington – Scandal
  • Justin Hartley – This Is Us
  • Mariska Hargitay – Law & Order: SVU
  • Freddie Highmore – The Good Doctor
  • Chrissy Metz – This Is Us
  • KJ Apa – Riverdale
  • Elisabeth Moss – The Handmaid’s Tale
  • Darren Criss – The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story

Filme de Comédia de 2018

  • Com Amor, Simon
  • Te Peguei!
  • A Noite do Jogo
  • Não Vai Dar
  • Sexy Por Acidente
  • Do Jeito Que Elas Querem
  • Alma da Festa
  • Tio Drew
  • Overboard
  • Meu Ex é um Espião
  • Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo
  • Podres de Ricos

Série de 2018

  • The Walking Dead
  • This Is Us
  • Grey’s Anatomy
  • The Big Bang Theory
  • Will & Grace
  • WWE Raw
  • The Good Doctor
  • 13 Reasons Why
  • 9-1-1
  • America’s Got Talent
  • Modern Family
  • Saturday Night Live

Série de Drama de 2018

  • The Walking Dead
  • This Is Us
  • Grey’s Anatomy
  • 13 Reasons Why
  • The Good Doctor
  • Scandal
  • Lost in Space
  • 9-1-1
  • Westworld
  • Riverdale
  • The Handmaid’s Tale
  • Castle Rock

Série mais ‘Maratonável’ de 2018

  • The Assassination of Gianni Versace: American Crime
    Story
  • Killing Eve
  • The Sinner
  • GLOW
  • The Walking Dead
  • Queer Eye
  • Ozark
  • The Marvelous Mrs. Maisel
  • 13 Reasons Why
  • Unbreakable Kimmy Schmidt
  • Shameless
  • Younger

VOTAÇÕES: As votações irão ocorrer através do site oficial do PCA’s, bem como pelo twitter, basta tweetar as seguintes hashtags:



Fonte: W Magazine

A nova matéria da W Magazine contou com fotos e entrevista exclusivas de Katherine, bem como dos artistas Daveed Diggs, Aubrey Plaza, Claire Danes, Millie Bobby Brown, Evan Peters, Maggie Gyllenhaal, Tahar Rahim, Rachel Brosnahan, Letitia Wright, Dakota Fanning, Dominic Cooper, Frankie Shaw e Luke Grimes.

Confira a seguir a curta e exclusiva entrevista de Kat para a revista, bem como a foto:

’13 Reasons Why’ foi a primeira coisa que eu fiz na vida. Viver em Perth, Austrália, eu não tinha uma grande presença nas redes sociais. Quando o show foi ao ar, da noite pro dia estourou. Eu conversei com Selena Gomez, uma produtora de ’13 Reasons Why’, e ela disse: “A mensagem da série é muito importante.” Então eu entrei em uma onda de ficar tipo, “Redes sociais são bem legais.” Mas quando eu lia o que algumas pessoas estavam dizendo, eu dei um passo para trás. Eu não parei de postar, mas eu sou cuidadosa sobre como eu me posiciono no universo. Qual sua música favorita? Eu não canto muito no karaokê, porque eu acabo gritando. Mas no meu aniversário, eles me presentearam com Gaga a noite inteira. “Yoü and I” me matou. Eu amo um hino: algo que vai mexer com a tropa.

FOTO



Fonte: E! Online

Durante um evento, Alisha Boe (Jéssica em ’13 Reasons Why’), em entrevista ao E! News, falou sobre a saída de Katherine Langford do elenco da série em uma declaração fofa.

“Somos uma família”, disse Boe à E! News. “Inclusive se ela não está na série, estaremos todos em contat. Ela fará parte de nós para sempre. Somos amigas da vida. Será difícil sem Katherine… Eu amo muito ela.”



No dia 16 de junho, em um sábado, ocorreu a premiação da MTV, a famosa MTV Movie & TV Awards. O evento foi apresentado por Tiffany Haddish, mas só foi ao ar no dia 18, na segunda-feira. Katherine estava concorrendo em duas categorias, a primeira juntamente com o elenco de ’13 Reasons Why’ ao prêmio de Melhor Série de TV, e a segunda ao prêmio de Melhor Atriz de Série de TV.

Infelizmente, Katherine não levou nenhum dos prêmios. O prêmio de Melhor Série de TV foi para Stranger Things, enquanto o de Melhor Atriz de Série de TV foi para Millie Bobby Brown.

No entanto, Langford roubou a cena do tapete vermelho ao chegar com um look preto e um laço dark na cabeça, completamente inspirado em sua diva Lady Gaga. Confira fotos e vídeos do evento a seguir:

FOTOS – RED CARPET

FOTOS – PREMIAÇÃO

FOTOS – BASTIDORES

VÍDEOS



Miles Heizer, o Alex de ’13 Reasons Why’, compareceu ao 11th Annual Television Academy Honors, evento ocorrido no dia 31 de maio. Durante sua passagem pelo tapete vermelho, em meio a entrevistas, Miles comentou sobre uma possível participação de Katherine na 3ª temporada de ’13 Reasons Why’ (já confirmada pela Netflix) e sobre a relação com a atriz. Confira o que Miles disse:

“Eu acho que sempre vai ter um lugar para ela nesta série,” ele disse. “Isso meio que começou com ela e ela interpreta uma parte tão grande, mesmo quando ela não está na série, nós ainda estamos meio que lidando com a história dela – muitos de nós – então eu acho que sempre vai ter espaço para ela estar lá. Ela estando lá ou não, eu não faço ideia, mas, eu amaria vê-la de volta sempre. Eu amo a Katherine.”

Durante o mesmo evento, Justin Prentice (Bryce), também só teceu elogios à atriz:

“Eu amo tanto a Katherine. Eu espero que a história dê certo e eles achem um jeito, isso seria ótimo,” ele compartilhou. “Mas ao mesmo tempo, eu acho que a segunda temporada terminou de uma forma muito boa para a personagem… Seria interessante ver.”



No inicio deste mês (01º de junho), Katherine Langford, juntamente com o elenco de ’13 Reasons Why’, compareceram ao painel da 2ª temporada da série no evento FYSee da Netflix em Los Angeles, CA. Durante o painel, Katherine ficou com os olhos cheios d’água ao falar o que interpretar Hannah Baker significou para ela e se nós a veremos na próxima temporada. Confira as fotos e o vídeo a seguir:

FOTOS

VÍDEO

 



Fonte: Marie Claire Austrália

Ser nomeada a um Globo de Ouro este ano foi um momento de fechamento de um círculo para Katherine Langford. Após filmar a primeira temporada da famosa série da Netflix ’13 Reasons Why’ em 2017, a atriz que nasceu em Perth assistia a premiação de seu sofá quando Claire Foy ganhou o prêmio de Melhor Atriz por seu papel em ‘The Crown’. “Um ano depois, eu foi nomeada juntamente com Foy – e eu estava sentada ao lado dela na premiação,” disse Katherine, a descrença ressoa em sua voz.

Quando nós conversamos, a jovem de 22 anos estava voando tentando passar despercebida em sua cidade natal após promover seu primeiro filme, ‘Com Amor, Simon’, em Sidney. Desde sair de seu sofá para uma vida na lista dos melhores, Katherine admite que ela precisa ser “cuidadosa” quando sai em público. Ela ri enquanto se lembra de seu primeiro momento com fã: “Eu saí para jantar e a garçonete disse, ‘Você parece a garota daquela série.’ Eu disse para ela que era eu mesma e ela disse, ‘Não, não é você!’ Nos ficamos rebatendo desta forma umas cinco vezes antes de pagarmos a conta e sairmos. Nós estávamos a dois quarteirões do restaurante quando eu ouvi alguém gritar ‘Pare!’ Eu me virei e a garçonete tinha me seguido pela rua para tirar uma foto.”

Apesar de alguns críticos terem crucificado ’13 Reasons Why’ por glorificar o suicídio adolescente, a segunda temporada da série foi lançada em maio de 2018. Katherine, que interpreta a falecida Hannah Baker, disse que ela queria ser cautelosa sobre o desenvolvimento de sua personagem. “Não é a mesma Hannah da primeira temporada em diferentes formas, mas é importante que nós continuemos o diálogo.” Apesar da folga dos assuntos como suicídio e assédio sexual, a segunda temporada continuou a mesma linha histórica – ainda bem que com uma tentativa de suicídio menos gráfica, mas o oposto pode ser dito do estupro do episódio final, que alguns espectadores estão intitulando de “horripilante.”

“Quando nós fizemos a primeira temporada de ’13 Reasons Why’ eu entendi completamente o tipo de série que nós estávamos fazendo e que diferenças de opiniões não eram só esperadas, mas eram essenciais,” disse Katherine, antes da estreia da segunda temporada. “Essencialmente, a série é um meio de entretenimento e a forma que pode ajudar é promovendo discussões (sobre esses assuntos difíceis).”

Na semana passada, Katherine revelou que ela não irá voltar para uma terceira temporada, postando um sincero adeus para sua personagem no Instagram. “Obrigada por completar minha vida com amor e luz,” ela escreveu para seus 10.1 milhões de seguidores – desconcertante quantidade a mais do que ela tinha um pouco mais de um ano atrás quando suas redes sociais eram privadas. Com a ajuda da produtora de ’13 Reasons Why’, Selena Gomez, que Katherine agora chama de amiga, Langford entendeu o potencial que a plataforma tinha para ajudar pessoas – Selena frequentemente escreve para seus 137m seguidores sobre controle de armas e conscientização de sua condição médica, Lupus.

“Há muita ênfase nas redes sociais, especialmente quando você está começando como atriz. Há a ideia de que você pode ser chamada para algo porque você tem muitos seguidores,” ela explica, disse que ela nunca quis ser valorizada por um número no Instagram. “Foi a série que me fez deixar o perfil público, porque eu reconheço que ela estava afetando e impactando em muitas pessoas. Eu queria estar lá e ser uma presença online para que as pessoas se sentissem conectadas com a Hannah. Eu tento usar a plataforma para o bem e me certificar de que eu estou ali como uma presença positiva para as pessoas.”

A paixão na voz de Katherine é inegável, seja quando ela está falando de atuar, seus fãs, ou seu envolvimento no movimento ‘Time’s Up’. “O Globo de Ouro foi uma noite muito surreal”, ela reflete, se referindo a não apenas sua primeira cerimônia ou primeira nomeação, mas também ao movimento da Time’s Up e as atrizes vestindo preto em apoio. “Na noite anterior, várias mulheres que estavam envolvidas se reuniram,”ela disse. “Eu entrei em uma sala e tinham 25 das mais celebradas e talentosas mulheres de Hollywood falando sobre como elas poderiam usar suas vozes e fazer diferenças que iriam beneficiar atrizes mais jovens como eu.” Katherine disse antes de rir sobre “cair no choro” na frente da Brie Larson e Reese Witherspoon. “Sentindo o poder naquela sala e a mudança que está se aproximando realmente me trouxe muitas emoções,” ela continua, ansiosa para explicar suas lágrimas.

Mesmo a atriz de 22 anos chamando Los Angeles de casa, ela disse que nunca se cansa de voltar para a Austrália e ama a normalidade de ver os amigos com quem cresceu. “Há tipo a impressão de que as pessoas estão orgulhosas de você e estão te apoiando, mas isso não é grande coisa. Isso faz você se sentir muito mais relaxada como pessoa,” ela disse, acrescentando que ela pode sair para almoçar com amigos “sem óculos e sem chapéu”, algo que ela nem sonha em fazer nos EUA. “Há um testamento, em geral, em ir para a Austrália,” ela diz.



Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Hosted by flaunt
Alguns direitos reservados