Sejam bem-vindos ao KatherineLangford.com.br, a sua primeira fonte de informações brasileira sobre a atriz Katherine Langford, Fique a vontade para desfrutar de todo o conteúdo postado aqui, siga também o KLBR nas redes sociais e fique ainda mais informado. Agradecemos a visita e esperamos que volte sempre! Este é apenas um site feito de fãs para fãs, sem fins lucrativos.


Fonte: ClickTheCity

Por décadas at é então, as pessoas ouviam as histórias de Arthur, Merlin e da legendária Excalibur, contada de diversas formas. Na maioria das histórias, é sempre Arthur que consegue manejar a espada e usá-la com seu completo poder. Mas e se desta vez a espada escolher uma mulher?

A próxima série de fantasia da Netflix, ‘Cursed’, pergunta esta exata pergunta enquanto coloca o holofote em Nimue, a tão chamada ‘Senhora do Lago’. A história segue a heroína enquanto ela sai em uma missão para entregar a antiga espada para Merlin. Conforme ela vai fazendo as pazes com seu destino, ela começa a ser o rosto da rebelião contra os Paladinos Vermelhos e Rei Uther.

À frente da estreia da série no dia 17 de julho, nós pudemos conversar com Katherine Langford e Gustaf Skarsgard e com os criadores Tom Wheeler e Frank Miller, durante um Q&A virtual. Veja os destaques a seguir:

Sobre como eles se prepararam para os seus personagens?
O que eu realmente queria repassar foi contar a história que reconhece a experiência feminina de se tornar uma heroína com todos os obstáculos que estão no caminho dela. Então, o que eu estava procurando era não muito a andar a cavalo, mas, particularmente, a luta de espadas, e a armaria que nós vemos que tem sido tradicionalmente usada, tudo atende às necessidades dos homens e a forma em que eles lutam. É muito diferente, como mulher, como você usa sua fisicalidade e como você usa sua força, então eu trabalhei muito com o nosso coreógrafo de luta para meio que desenvolver este estilo que era único da Nimue.

Em o que separa ‘Cursed’ das outras histórias Arthurianas.
Eu acho que de diversas formas, as lendas Arthurianas são uns dos contos mais conhecidos que nós temos. Geralmente, quando você pensa nas lendas Arthurianas, você pensa no Rei Arthur, Merlin e nos Cavaleiros da Round Table. Todas as vezes, é meio que ignorado muitos dos personagens femininos do conto, mais especificamente a ‘Senhora do Lago’. Ela foi esta personagem poderosa e prolífica, ainda assim nós sabemos pouco ou nada sobre ela.
O que foi interessante em Cursed foi ver a lenda Arthuriana contada através da lente de uma das suas personagens mais poderosas. Ver através dos olhos de uma mulher é também muito especial, especialmente neste período – mesmo sendo fantasia e não se passando historicamente no nosso mundo – porque ainda é um mundo de homens. A jornada dela para se tornar uma heroína é bem diferente do que você veria para qualquer daqueles outros personagens.

Sobre trabalhar com seus colegas de elenco?
Gustaf: Foi ótimo trabalhar com a Katherine e eu soube desde as audições que nós iríamos nos divertir muito. Ela é extremamente talentosa, presente, divertida e muito habilidosa também, então foi um prazer trabalhar com ela.

Katherine: Eu acho que nós tivemos muita sorte com este elenco incrível que nós tivemos. Para mim, interpretar a Nimue, foi uma honra, porque eu meio que pude interpretar com pessoas diferentes durante a temporada. Seja a Lily Newmark que interpreta a Pim, Shalom, Devon. Há tantos atores incríveis nesta série.
Gustaf e eu nos sentimos com muita sorte porque nós temos algumas cenas bastante poderosas e especiais. É realmente incrível quando você tem a oportunidade de trabalhar com um ator que é tão habilidoso, talentoso e também respeitado pelo que faz, mas também é uma pessoa incrível. Eu me sinto muito abençoada e com muita sorte por ter este relacionamento, tanto na frente quanto por trás das câmeras e eu sinto que nós somos ótimos amigos.

Sobre as cenas que os fãs do livro devem ficar ansiosos?
Apesar da série ser baseada no livro, elas são bem diferentes, em termos de interpretações. Há algumas coisas que são um pouco diferentes. Eu acho que há um relacionamento que o Weeping Monk possui com Squirrel. No livro, há muitos detalhes lindos, que eu acho que eles arrasaram muito na série. A dinâmica entre o Dan Sharman e o Billy Jenkins, que interpretam o Weeping Monk e o Squirrel, tem uma química tão bonita nas telas. Meio que faz você rir e eu também senti muitas coisas por eles. Então se as pessoas leram o livro, eu definitivamente diria para elas ficarem de olho neste relacionamento.

Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Hosted by flaunt
Alguns direitos reservados