Sejam bem-vindos ao KatherineLangford.com.br, a sua primeira fonte de informações brasileira sobre a atriz Katherine Langford, Fique a vontade para desfrutar de todo o conteúdo postado aqui, siga também o KLBR nas redes sociais e fique ainda mais informado. Agradecemos a visita e esperamos que volte sempre! Este é apenas um site feito de fãs para fãs, sem fins lucrativos.


Fonte: InStyle

As trágicas mortes de Kate Spade e Anthony Bourdain serviram como um forte lembrete da importância de cuidar de seus amigos e família – e cuidar da nossa própria saúde mental.

A CDC recentemente reportou um aumento de 25% de suicídios nos EUA nas últimas duas décadas, com o mais dramática pico na maior depressão observada entre os jovens (de 12-20 anos), especialmente entre as jovens mulheres.

É claro que ninguém – independente da riqueza, sucesso ou fama – está imune ao pedágio da doença mental. “Eu acho que em qualquer indústria que você faz parte, há uma pressão para você aparentar ‘bonita’ o tempo todo,” a atriz Yara Shahidi, 18 anos, disse à InStyle no MTV Movie & TV Awards no sábado, quando perguntamos às estrelas no tapete vermelho como elas priorizavam seu bem-estar mental no super exigente mundo do entretenimento.

Katherine Langford, Madelaine Petsch, Tessa Thompton e Shahidi falam sobre suas práticas para manter uma boa saúde mental.

A vida de Katherine Langford mudou com seu papel como uma estudante do ensino médio que tira a própria vida na série da Netflix ’13 Reasons Why’. A série despertou uma discussão natural sobre o suicídio e a depressão e a guinada de carreira repentina da atriz de 22 anos a ensinou a importância de cuidar de si mesma. “Eu acho que todo mundo tem sua forma peculiar para se ajudar a se sentir cuidada e eu acho que varia de pessoa pra pessoa,” ela disse.

Katherine, por outro lado, percebeu o quão útil ela acha que é simplesmente pegar o telefone e ligar o fazer uma vídeo-chamada para as pessoas mais próximas à ela. “Eu aprendi recentemente, tendo atuando e me mudando para vários lugares diferentes, eu tenho viajado por dois anos seguidos. Então uma coisa que eu acho que me ajuda muito que eu talvez não fazia muito antes é fazer vídeo-chamadas com meus amigos, e simplesmente tirar um tempo para conversar quando você está falando com pessoas que fazem você lembrar de casa ou quem você é.”

Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Hosted by flaunt
Alguns direitos reservados