Sejam bem-vindos ao KatherineLangford.com.br, a sua primeira fonte de informações brasileira sobre a atriz Katherine Langford, Fique a vontade para desfrutar de todo o conteúdo postado aqui, siga também o KLBR nas redes sociais e fique ainda mais informado. Agradecemos a visita e esperamos que volte sempre! Este é apenas um site feito de fãs para fãs, sem fins lucrativos.


Tradução e adaptação: Katherine Langford Brasil

"Às vezes você acha que nunca vai conseguir, mas são esses momentos que te fazem mais forte."

A jovem atriz australiana que estrelou na série ’13 Reasons Why’ consegui superar as rejeições e decepções do início de carreira. Agora ela é uma referência para os adolescentes. E se dá ao luxo de escolher apenas roteiros que gosta.

“Se estiver tudo bem, eu gostaria de contar a minha história”, Katherine Langford me disse em um certo momento. Então ela diz: “Sobre o que eu fiz antes de ser escolhida para ’13 Reasons Why’. Na escola eu sempre escrevi e estudei música e frequentei um instituto de jovens privilegiados. Eu também praticava natação e participava de competições, o que significa que eu não tinha tempo integral para me dedicar totalmente à atuação. Aos 16 anos eu comecei a compor música e tentei ingressar em uma escola de teatro, mas não fui aceita (…) Aos 19 anos, eu menti para os meus pais e disse que estava frequentando a universidade, mas, ao invés disto, eu fazia testes e trabalhava em três empregos. Eu queria juntar dinheiro para ir para os Estados Unidos. Meu agente me procurou para realizar dois testes, eu gravei os vídeos e enviei e já estava me preparando para tentar entrar, pela terceira vez, na escola de teatro. No mesmo dia, eu recebi uma ligação e me disseram que eu tinha sido escolhida, também me disseram que gostaram do vídeo e me queriam em uma das audições em Londres e outra em Los Angeles. Eu decidi tentar em Londres, eles me rejeitaram. Eu voltei para a Austrália e não tinha mais emprego nem dinheiro. Às vezes você acha que nunca vai conseguir, mas são esses momentos que te deixam mais fortes.”

Em seu primeiro trabalho, Katherine interpretou a protagonista, Hannah, uma adolescente suicida que deixa para um de seus colegas uma caixa com fitas, explicando os motivos que a levaram a se matar. A série, que estreou em 31 de março de 2017, é uma das produções mais bem sucedidas da Netflix e a mais comentada nas redes sociais. Um sucesso que ganhou o público cibernético o suficiente para produzir uma segunda temporada, que irá estrear dia 19 de março.

Enquanto isso, Katherine filmou outros três filmes: The Misguided (que estreou nos EUA em janeiro), Com Amor, Simon (que irá estrear na Itália em 03 de maio) e Spontaneous (que ainda não tem data de estréia definida).

Você ainda se considera uma adolescente?
“Tecnicamente não, mas eu ainda estou no início da minha vida e da minha carreira. Por um lado, eu me sinto a mesma pessoa de antes, mas por outro, eu preciso trabalhar e tudo que eu experienciei nestes últimos dois anos, me trouxe responsabilidade.”

’13 Reasons Why’ foi a estréia dela como atriz. Na verdade, ela já havia atuado em um curtametragem, Daughter, que foi exibido em 2016 em Cannes.

“Ah sim, um projeto voluntário. Para ser honesta, eu não me lembro muito bem o que eu fiz naquele curtametragem. Eu considero ’13 Reasons Why’ meu primeiro trabalho como atriz, porque a série aborda temas complexos que têm grande impacto no público. Da mesma forma, eu acredito que ‘Com Amor, Simon’ tem uma história igualmente importante, que conta a história de um garoto se assumindo (seu colega Nick Robinson).”

É verdade que quando você tinha 16 anos você escreveu uma música sobre três garotos que tiraram as próprias vidas?
‘Ela chamava ‘Young and Stupid’. Eles eram de Perth, a cidade em que eu nasci e fui criada. Eu comecei a compor músicas no piano com 15/16 anos, por um lado influenciada pelas músicas que eu gostava, e por outro, pelo que aconteceu perto de mim. Eu sempre tive interesse acerca da saúde mental de adolescentes. É irônico que, anos depois, eu fui escolhida para uma série que aborda histórias parecidas.”

Nós vimos que você tem um perfil no Twitter…
“Não sou eu, mas eu tenho Instagram.”

Qual a sua relação com as redes sociais? Selena Gomez, uma das produtoras de ’13 Reasons Why’e sua amiga, disse que sentiu muita pressão com este tipo de exposição.
“A minha relação com as redes sociais foi desenvolvendo com um tempo. Por exemplo, enquanto eu filmava a primeira temporada, eu decidi não usá-las. Apenas após o lançamento, eu decidi destrancar meu perfil. Eu quero estar ali para todas as pessoas que assistiram a série. Eu tento me manter sempre positiva, ser uma fonte de inspiração para as outras pessoas.”

Como você resistiu às críticas sem perder a confiança em si mesma?
“Eu não sei, na verdade. Claro que eu não sou atriz por acaso. É assustador pensar que o que você quer é praticamente um objetivo de vida intangível.”

O que você está planejando fazer agora?
“Eu quero tirar um tempo para ler alguns roteiros que eu gosto e para estudar teatro. Recentemente, eu passei um tempo em casa, que ainda é o lugar em que eu me sinto melhor, com certeza. E depois eu quero viajar, não tenho vínculos, obrigações, é a melhor época para se sentir livre.”

SCANS DA REVISTA

Layout criado e desenvolvido por Lannie.D - Hosted by flaunt
Alguns direitos reservados